Portugal ganha tudo Erica Fontes, mulher actriz pornito estrangeira

A jovem de 21 anos, que fez o seu primeiro filme aos 18, garante que "a pornografia sempre esteve presente" na sua vida.
Em 2011, em conversa com o JPN, Erica contou que a curiosidade começou aos 14 anos e que, depois de começar a fazer filmes, o fascínio só foi aumentando cada vez mais.
"Quando o faço, divirto-me e é diferente.
Só quando uma pessoa começa a fazer os filmes é que começa a perceber o que se passa dentro da indústria", contou.

"Fascina-me pela maneira como somos tratados.
Somos tratados com respeito".
 
Estou a dar a conhecer o meu país
O início da carreira de Erica Fontes foi rápido e decidido: inscreveu-se, ligaram-lhe uma hora depois.
No dia seguinte estava a fazer o casting e na semana seguinte a gravar o primeiro filme.
Contar aos pais "não foi uma guerra", mas sim "uma conversa entre adultos".
E na cabeça de Erica, a questão ficou bem resolvida: "Quando entrei para a indústria já sabia que o meu trabalho ia ser sx", afirma.
 
Na altura, Erica só contava com três filmes no currículo — hoje tem mais de 100 —, e ainda a intimidava se o colega de trabalho não fosse o namorado Ângelo Ferro, mas já tinha grandes ambições para a sua carreira.
"O meu objectivo era sair de Portugal e começar a ir para outros países.
Ser internacional e conhecida lá fora, até porque estou a dar a conhecer o meu país e ainda não existe nenhuma actriz internacional portuguesa", disse.
 
Na altura, quando questionada sobre a próxima etapa, e de saída para se estrear na Hungria, a jovem actriz não tinha dúvidas: "Completei agora uma, que era ser conhecida lá fora.
Espero agora chegar ao auge lá, como cheguei aqui".
E chegou.
Comentários

Ela enquanto ia na rua descobriu o que estava a destruir a sua saúde! É algo comum que todos fazemos!

Algo comum que ela fazia todos os dias, e que todos nós fazemos, estava a destruir a sua saúde, e ela descobriu isso no meio da rua. Como anda a sua...


239