Há produtos de limpeza que nunca deves misturar! Pode ser fatal! E tens em casa!

Há imensas variedades e marcas de produtos de limpeza bastante comuns, e nas nossas casas.
Pode ser muito útil tê-los sempre à mão, mas uma combinação errada pode ser bastante perigosa, podendo até ser fatal para as pessoas.

Quando se depara com uma limpeza difícil é normal que fique frustrado e tente ser criativo nas formas de combate à sujidade.
Mas, antes de começar a misturar tudo o que tem no armário dos produtos de limpeza, saiba que há produtos que não deve mesmo misturar, sob pena de se pôr em risco.

O site Good Housekeeping alerta que lá por que um produto funciona bem, não quer dizer que vai funcionar ainda melhor se lhe juntar outro.
Alguns produtos de limpeza, quando misturados, podem libertar gases perigosos ou causar outras reações químicas.
Mas, mesmo quando esta mistura não é perigosa ou tóxica, não conseguirá prever que efeito é que esta mistura terá sobre os seus tecidos ou superfícies.
Leia sempre os rótulos e contêm avisos e a composição dos seus produtos de limpeza e, nunca misture estes: 1.
Limpa canos: Nunca misture dois produtos diferentes para limpar os canos.
Este tipo de produtos têm fórmulas poderosas que podem até causar uma explosão quando combinados.
Uma das responsáveis do Good Housekeeping recomenda até que não use dois produtos diferentes seguidos.
Se não conseguir desentupir os canos com o produto que usou, não tente usar outro, chame o canalizador.
2.
Bicarbonato de sódio e vinagre: Apesar de estes produtos simples serem úteis para limpar todo o tipo de superfícies, a combinação de ambos pode resultar numa explosão.
O bicarbonato de sódio é uma substância básica enquanto o vinagre é um ácido.
O vinagre faz com que o bicarbonato de sódio liberte espuma e se os juntar num recipiente fechado pode causar uma explosão.
3.
Lixívia e vinagre: Esta combinação até pode parecer um desinfetante eficaz e poderoso mas estes dois produtos nunca se devem misturar.
Juntos produzem gás de cloro que, mesmo em pequenas quantidades, pode causar tosse, problemas respiratórios e ardor nos olhos.
4.
Lixívia e amónia: A combinação de estes dois produtos produz gás cloramina que pode causar os mesmo sintomas que a mistura de lixívia e vinagre, e ainda dor no peito e respirações curtas.
Grande parte dos produtos para limpar os vidros contêm amónia, por isso, nunca os misture com lixívia.
5.
Lixívia e álcool etílico: Já ouviu falar de clorofórmio ou triclorometano? O que os raptores usam para entorpecer as vítimas? Apesar de esta combinação não o fazer desmaiar, pode ser tóxica e irritativa.
Lembre-se que nunca deve juntar lixívia com nada a não ser água.
PARTILHA esta informação! É sempre bom avisar os teus amigos!
Comentários

Sabes o que acontece quando cozinhas demais um ovo? Vais pensar 2 vezes antes de o fazeres!

Os ovos são óptimos para a saúde, disso não há dúvidas, mas sabes o que acontece quando um ovo é cozinhado demais? Muita gente não o sabe, mas...


393