Vai à casa de banho com um olho fechado... As tuas noites nunca mais serão iguais a partir de agora!

O corpo humano é uma máquina incrível que está sempre a trabalhar.
Ele está sempre ocupado a manter tudo em ordem, a consertar os defeitos e a adaptar-se ao ambiente.
O corpo é brilhante, mas existem alguns truques que podem ajudar-te a enganá-lo.
Alguns deles são simplesmente engraçados, outros parecem na verdade super poderes! Mantenha um olho fechado Este truque é incrível.
Se acordar a meio da noite para ir à casa de banho, tente abrir apenas um olho.

Se a luz brilhante da lâmpada penetrar nos dois olhos, o corpo pensa que já é de manhã e vai ser mais difícil para voltar a dormir.
Mas se deixar um olho fechado, o cérebro vai reajustar-se mais facilmente à escuridão e irá conseguir voltar a dormir sem problema.
Puxe a orelha Quando as pessoas ficam com dor de cabeça, elas instintivamente esfregam as têmporas, mas existe um lugar melhor para fazer isso.
Da próxima vez que sentir a dor de cabeça a aproximar-se, puxe a orelha.
Esfregar as têmporas pode ajudar a aliviar a tensão em volta das sobrancelhas, mas os caminhos nervosos em volta das orelhas podem relaxar todo o corpo.
Para fazer isso corretamente, segure a orelha com o polegar e o indicador e puxe-a gentilmente para cima e para baixo.
Isso vai ajudar a libertar novos fluidos para o cérebro e dar nutrição extra.
Como engolir comprimidos Alguns remédios são difíceis de engolir.
Mesmo que normalmente isso não seja um problema, alguns comprimidos simplesmente não descem.
Se isso acontece, faça este teste: coloque o comprimido na boca e “atire” a cabeça para frente antes de engolir.
Quando se curva para a frente, o reflexo é ativado e o corpo acaba por engolir o remédio sozinho.
Descongelar o cérebro Isso acontece muito no verão: está empolgado para dar aquela dentada no gelado ou beber aquela bebida gelada, mas vai com muita sede e pressa, e sente o cérebro a “congelar”.
A sensação desconfortável acontece quando o cérebro nota a rápida mudança de temperatura e tenta proteger-se.
Os vasos sanguíneos no céu da boca incham para tentar se aquecer e o cérebro sente como se tivesse sido colocado em gelo seco.
Mas felizmente há uma maneira de se livrar do congelamento tão rápido quanto ele começou: tente pressionar a língua contra o céu da boca.
O calor irá relaxar os vasos sanguíneos e deve aliviar a dor de cabeça rapidamente.
Não chore! A vida nem sempre é fácil e não leva em consideração como está a sentir-se ou a onde está.
Se se encontrar numa situação onde não deveria estar a chorar, mesmo se estiver com vontade, tente usar este travão de emergência do choro.
Encontre alguns pontos diferentes na divisão onde está, e olhe fixamente para eles.
Repita as cores dos objetos que você vê várias vezes na sua cabeça.
Isso deve baixar a pulsação e distrair.
As lágrimas não vão cair e pode pelo menos passar por este momento.
Role a cabeça Todos nós provavelmente já sentimos isso: sentou-se por muito tempo com as pernas cruzadas ou o seu braço ficou dormente e parece que está a levar com várias picadas.
Há duas opções: concentre-se nos músculos daquela parte do corpo e balance, ou pule numa perna só e espere até as “picadas” passarem.
Como alternativa, pode rolar a cabeça devagar de um lado para o outro.
As extremidades normalmente ficam dormentes quando há pressão em certos nervos ou quando o fluxo de sangue é interrompido.
Uma vez que liberte estes nervos ou vasos, a sensação deve ir embora.
Aviso: isto não funciona com os pés, então, se eles ficarem dormentes, vai ter que dar aquela “dança” esquisita para que eles acordem.
Pare com os soluços Nunca temos apenas um soluço.
Quando o diafragma fica com cãibra, o ar que deveria ser exalado fica preso nas cordas vocais e causa os desconfortáveis soluços.
Os motivos são vários: comer rápido demais, engolir ar, a temperatura do estômago mudar, ou se simplesmente ficar muito animado.
Há muitas dicas e truques para se livrar dos soluços, mas nada parece adiantar.
Da próxima vez que isso acontecer, tente abrir a boca e fazer o movimento de engolir várias vezes com a boca aberta.
Ao repetir este movimento, o diafragma irá relaxar e o soluço irá desaparecer.
Não tenha medo de agulhas Não são só as crianças que têm medo de agulhas, muitos adultos também ficam nervosos quando vêem uma seringa.
Não há motivo para se envergonhar.
Tente este truque da próxima vez que for ao consultório médico: tussa levemente algumas vezes enquanto a agulha estiver a ser inserida na pele e o procedimento deve se tornar indolor.
Não é muito claro o porquê disso funcionar, mas o corpo distrai-se de alguma maneira (é bom avisar ao médico ou enfermeiro que vai fazer isso para evitar que eles se assustem e mexam a seringa e acabem realmente por te magoar).
Estes truques são muito úteis sem dúvida! É incrível como podemos enganar o nosso corpo de tantas maneiras.
Comentários

Cheesecake delicioso que se desfaz na boca e não precisa de ir ao forno!

Porque eu adoro mostrar-lhe as minhas receitas, aqui está mais uma. Desta feita é de um cheesecake delicioso que vai adoci...


235