Os médicos pediram-lhe para sacrificar a filha para salvar os dois filhos... Mas o que ela fez...

Os médicos disseram a esta mãe que ela teria que sacrificar a sua filha, para garantir a sobrevivência dos outros dois filhos.
Mas o que ela fez foi realmente incrível, e deixou toda a gente de boca aberta com a sua decisão.

Uma mãe australiana precisou tomar uma decisão difícil durante sua gravidez de trigémeos.
Chloe Dunstan, 22 anos, teve que escolher entre continuar com a gestação, o que faria com que um dos bebés, a menina, ficasse privada de oxigénio e nutrientes e acabasse por morrer no útero, ou antecipar o parto para a 28ª semana e colocar os três bebés em risco.

A mãe optou por ter o parto precoce.
No dia 3 de Julho, nasceram Henry, Rufus e Pearl – o primeiro com 1370 gramas, o segundo com 1200 gramas e Pearl com apenas 690 gramas.
Os três bebés precisaram de transfusão de sangue e Pearl ainda enfrentou mais problemas de saúde.
“Pearl teve PDA (persistência do ducto arterioso, uma condição cardíaca congénita em que o canal de comunicação entre a aorta e a artéria pulmonar permanece aberta, quando deveria se fechar), mas que fechou sozinho, teve hemorragia pulmonar, um pequeno sangramento no cérebro, uma horrível infecção e houve dias em que não tínhamos certeza se ela conseguiria sobreviver, principalmente nas primeiras semanas, quando respirava com a ajuda de aparelhos”, disse Chloe.


Mesmo prematuros e com problemas de saúde, os três conseguiram ganhar peso e se desenvolveram, superando as dificuldades.
Nove semanas depois do parto, em 4 de setembro, o casal levou os dois meninos para casa e duas semanas depois foi a vez de Pearl ter alta.
Chloe e o marido, de 26 anos, já eram pais de três meninos, que poderão ver na seguinte fotografia, em que eles posam a segurar nos irmãos mais novos.


Partilha nas redes sociais!
Comentários

Barriga lisa e abdominais mais fortes? Em apenas 1 minuto por dia, durante 30 dias!

Queres ter uma barriga mais lisa e abdominais mais fortes? Sem muito esforço e em pouco tempo? Já ouviste falar do exercí...


289