Excelente desculpa para não emprestar...

João vendia castanhas no recanto de um cais.
Certo dia, para grande admiração de muitos populares, mudou-se para a entrada de um banco.
Passou por ali um velho amigo seu e surpreendido pergunta-lhe:
João vendia castanhas no recanto de um cais.
Certo dia, para grande admiração de muitos populares, mudou-se para a entrada de um banco.

Passou por ali um velho amigo seu e surpreendido pergunta-lhe: – Então amigo, passaste do cais para um banco??… que loucura… Responde o humilde vendedor de castanhas: – É verdade companheiro, a mudança foi boa, aqui estou a melhorar muito na vida, as pessoas entram no banco para levantarem dinheiro, chegam aqui e compram logo 3 ou 4 sacos de castanhas… é só dinheiro a entrar.
Agora estou bem mais perto da riqueza… O sujeito vendo a alegria do João aproveita a ocasião para ver se tira uma lasca para ele e diz-lhe: – Já que a vida te está a correr tão bem, podias emprestar-me 20 €… João de imediato responde: – Isso não posso meu caro amigo… – Bolas João, sou teu amigo há tantos anos, conheces-me bem e não me desenrascas??… – Não posso emprestar dinheiro porque fiz um contrato com o banco.
Nem eles vendem castanhas lá dentro nem eu empresto dinheiro cá fora.
Comentários

Esta receita "milagrosa" derrete a gordura da cintura e aumenta a imunidade! É fantástica para a saúde!

Esta é uma bebida incrível que vai ajudar a perder o excesso de peso mais rápido e com mais naturalidade do que os medica...


273